Você me pede pra esquecer tudo isso, me pede pra seguir em frente e continuar vivendo naturalmente, mas esquece de uma coisa: ás vezes as coisas acontecem pra dar uma agitada na nossa vida, pra tirar tudo completamente do lugar e nos fazer perder horas, dias, talvez semanas para colocar cada sentimento no seu devido lugar. Pena que a gente nunca lembra onde tinha guardado e tá difícil lembrar o lugar, toda vez que olho pra essa bagunça lembro o quanto você me fez sofrer, aliás, ainda faz. Lembro de todos aqueles inúteis sonhos em que nós ou somente eu acreditava, mas acreditava mesmo, pra valer. Lembro de tudo isso indo pro lixo sendo esmagado por esses seus pés. Sim, eu ainda lembro e cada vez que lembro, sinto uma dor não visível, uma dor que arde no coração e sai em forma de lágrimas pelos olhos, uma dor que espero que nunca se vá, para que eu possa organizar tudo e guardar bem lá no fundo, numa caixinha com cadeado prateado, para me lembrar sempre que amor de verdade, é só amor próprio.
Tickets of Cassie.   (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

(Fonte: extinta)