Você me pede pra esquecer tudo isso, me pede pra seguir em frente e continuar vivendo naturalmente, mas esquece de uma coisa: ás vezes as coisas acontecem pra dar uma agitada na nossa vida, pra tirar tudo completamente do lugar e nos fazer perder horas, dias, talvez semanas para colocar cada sentimento no seu devido lugar. Pena que a gente nunca lembra onde tinha guardado e tá difícil lembrar o lugar, toda vez que olho pra essa bagunça lembro o quanto você me fez sofrer, aliás, ainda faz. Lembro de todos aqueles inúteis sonhos em que nós ou somente eu acreditava, mas acreditava mesmo, pra valer. Lembro de tudo isso indo pro lixo sendo esmagado por esses seus pés. Sim, eu ainda lembro e cada vez que lembro, sinto uma dor não visível, uma dor que arde no coração e sai em forma de lágrimas pelos olhos, uma dor que espero que nunca se vá, para que eu possa organizar tudo e guardar bem lá no fundo, numa caixinha com cadeado prateado, para me lembrar sempre que amor de verdade, é só amor próprio.
Tickets of Cassie.   (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

(Fonte: extinta)

De verdade, eu sei que eu que fiz isso ficar assim, por causa do meu jeito, do meu ciumes. Sabe aquela fez que eu terminei contigo por causa da sua foto com a tua ex? Eu acho que estou do estado que você ficou. Não sinto vontade de fazer nada, além de ficar contigo 24 hras por dia. Quando lembro dos dias que ficamos juntos, eu choro, toda hora eu choro. Eu sei que por tudo que eu te fiz, eu mereço ta passando por isso. E sempre me diziam “tu faz tanto o povo sofrer, que tu vai acabar sofrendo e não vai demorar muito.” tudo bem, aceitável, mas não queria assim. Não estou dizendo que tu me fez ou faz sofrer, eu sei que fui eu quem causei isso. Eu te pedia pra ir embora da minha vida, mas ao mesmo tempo eu sentia uma vontade imensa de gritar pra tu ficar. Eu sei que fiz errado, mas foi querendo fazer o certo. Eu sinto falta da gente e isso dói, mas também me é estranho porque eu nunca senti isso. Já chorei no colo da minha mãe, da minha irmã, das minhas amigas, e é a pior coisa. Sim, eu sei que tudo que você fazia era pensando na gente, e não querendo me magoar. Acabou que eu mesma fiz isso. E as meninas falam que eu sou nova, e posso encontrar um outro alguém, e posso mesmo, mas acho muito cedo sendo que ainda penso na gente. Eu gostava de pensar na gente, agora me dói. Isso é patetico, mas eu estava lendo um texto (acho que da Tati Bernardi) em que dizia que é assim mesmo quando se gosta de verdade pela primeira vez, e que você vai sofrer porque é amor, mas também vai passar, e quando passar, você vai lembrar dos momentos bons que teve com essa tal pessoa e não vai conseguir sentir raiva ou algo do tipo, vai percerber que essa pessoa te ajudou a crescer. Eu não conhecia esse meu lado, mas foi bom saber que eu também tenho sentimentos. Eu queria te agradecer por ter sido o amor da minha vida, por ter me tirado sorrisos nas horas mais dificeis, pelos conselhos e por além de namorado, ter sido meu melhor amigo. Poderia também ta te pedindo pra voltar, dizendo que te amo e tudo mais que você já sabe, mas sou mulher o suficiente pra entender que já chegamos no nosso limite, e estou orgulhosa por ter entendido isso. Desde quando a gente se conheceu, daquele tempo lá, eu nunca imaginei que diria essas coisas pra você. Você não me fez sofrer, eu que escolhi isso. Você me fez a garota mais feliz, me fez mudar e aprender que da proxima vez que eu tiver um cara na palma da minha mão, eu tenho que valorizar, se não eu vou acabar feito uma idiotinha apaixonada escrevendo outro texto feito esse, estilo Tati Bernardi quando se dá conta que o garoto que ela conheceu noite passada é o cara que ela vai falar sobre com os filhos, mas que não vai ser o pai dos mesmos.
Minhas ultimas “palavras” pra você, rendeu um texto. Obrigada! Bosheit. (via bosheit)